Pesquisar
Sessão “Stefan Zweig – Literatura e Exílio”

Projecção do filme STEFAN ZWEIG - ADEUS, EUROPA e conversa com Pedro Mexia, Filipa Melo e Álvaro Gonçalves. 

STEFAN ZWEIG – ADEUS, EUROPA, da realizadora Maria Schrader, retrata os anos do exílio na vida de Stefan Zweig, um dos escritores de língua alemã mais lidos e traduzidos do Século XX, no ano em que se comemora o 75º aniversário da morte do autor.


O escritor e pacifista judeu austríaco, que previu o declínio da Europa precocemente, deixou o seu país natal em 1934, tentando encontrar a atitude correcta face aos acontecimentos na Alemanha nazi, e um lar no novo mundo. Apesar da recepção hospitaleira e enorme reconhecimento internacional, o autor não conseguiu um substituto para a sua pátria e nunca regressou do exílio.


Stefan Zweig comentava em Janeiro de 1939: “A tarefa mais importante para nós que, pressionados pelos eventos e contra o nosso íntimo desejo, tivemos de nos separar da nossa pátria, parece-me ser a seguinte: a de não dar espaço a uma amargura supérflua e inútil, mas de escrever os nossos livros com o mesmo amor, o mesmo cuidado e a mesma urgência, como se ainda se destinassem a todo o povo alemão. O verdadeiro solo que pisamos - a língua alemã, com a qual os nossos pensamentos e o nosso sentido artístico se encontram inseparavelmente ligados - ninguém nos poderá roubar, e é o nosso dever de servir a nossa obra com ainda maior intensidade.”


“Stefan Zweig – Literatura e Exílio” é o tema, ainda muito actual, da sessão especial organizada pela distribuidora Alambique, a Embaixada da Áustria em Portugal e o Goethe-Institut, que contará com a presença de Pedro Mexia (comentador e crítico literário), Filipa Melo (escritora e crítica literária) e Álvaro Gonçalves (tradutor da obra de Zweig). A sessão decorre no dia 18 de Fevereiro, às 19 horas, no Cinema Monumental. Os bilhetes podem ser adquiridos no cinema.


STEFAN ZWEIG – ADEUS, EUROPA tem estreia marcada nas salas de cinema nacionais a 23 de Fevereiro, assinalando a data de aniversário da morte do autor.



Organização: Alambique, Embaixada da Áustria, Goethe-Institut e Medeia Monumental.

14-02-2017