Pesquisar
Sessão comentada Pássaros de Verão

22 de Junho - 21h15 - Cinema Ideal (Lisboa)

Dos criadores do filme O Abraço da Serpente, chega esta quinta-feira nos cinemas o filme Pássaros de Verão, um relato da história da origem do comércio da droga nas comunidades indígenas do norte da Colômbia.


Nos anos 70, a loucura da marijuana chega à Colômbia. No deserto de Guajira, uma família indígena Wayuu assume um papel de vanguarda no comércio da droga, descobrindo as vantagens da riqueza e do poder. Neste misto de ganância, paixão e honra, estala uma guerra fratricida que rapidamente coloca em risco a família, as suas vidas e as suas tradições ancestrais.


Baseado em histórias reais, o projecto levou anos de pesquisas e manobras de aproximação dos líderes de clãs em toda a região norte da Colômbia para obter a aprovação da comunidade Wayyu. A mesma participou na produção do filme contando as memórias pessoais da guerra. De acordo com os realizadores Ciro Guerra e Cristina Gallego, “Pássaros de Verão é uma metáfora do nosso país, uma tragédia familiar que se torna também uma tragédia nacional. Quando falamos do passado, podemos compreender melhor onde estamos hoje, enquanto país …”

A guerra da droga e a evolução da criminalidade num mundo dominado por tradições antigas serão o mote para uma sessão comentada do filme, organizada no âmbito do Ciclo Ciências Sociais e Audiovisual, em parceria com o ICS - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.


A sessão tem lugar no sábado (22 de Junho), às 21h15, no Cinema Ideal, e será seguida de uma conversa com:


Daniela Soto, fundadora da ONG colombiana Temblores, dedicada aos direitos humanos. Advogada e activista interessada em sociologia jurídica e estudos internacionais, é especializada em questões éticas ligadas à justiça, e pluralismo jurídico. Tem experiência em consultoria e acordos técnicos e políticos entre grupos étnicos e em diálogo intercultural no terreno.


Bruno Cardoso Reis, cientista político, especialista em segurança internacional e investigador no Centro de Estudos Internacionais (ISCTE). Doutorado em War Studies (King's College, Reino Unido) e Mestre em Estudos Históricos pela Universidade de Cambridge (Reino Unido), é desde 2017 professor assistente no ISCTE-IUL e investigador do CEI. Publicou sobre questões de segurança e conflitos não convencionais.


Inês Ponte (moderação), antropóloga e investigadora no Instituto de Ciências Sociais (ICS-ULisboa). É uma das organizadoras do ciclo Ciências Sociais e Audiovisual (ICS-ULisboa), com pesquisa sobre cultura material e visual, produção de conhecimento e história da antropologia, através de abordagens etnográficas, museológicas, e a arquivos institucionais e particulares. Tem procurado explorar o potencial de metodologias visuais em pesquisa, incluindo o cinema, a fotografia e o desenho.


Os bilhetes para a sessão podem ser adquiridos no Cinema Ideal.


11-06-2019