Pesquisar
Ramiro
um filme de Manuel Mozos
Estreia: 01-03-2018
voltar
Com

António Mortágua e Madalena Almeida 

Info
Título Original: Ramiro
Género: Comédia
País: Portugal
Duração: 104'
Links

Ramiro é alfarrabista em Lisboa e poeta em perpétuo bloqueio criativo. Vive, algo frustrado, algo conformado, entre a sua loja e a tasca, acompanhado pelo cão, pelos fieis companheiros de copos e pelas vizinhas: uma adolescente grávida e a avó a recuperar de um AVC. De bom grado continuaria nesse quotidiano pacato e algo anacrónico se eventos dignos da telenovela da noite não invadissem essa bolha.

Festivais e Prémios

Doclisboa - Filme de Abertura

Notas da Crítica
O Sr. Ramiro é um poeta que vê a vida dos outros. Nós olhamos para ele com olhos de cinema e saímos encantados - Diário de Notícias

Com uma interpretação subtil de António Mortágua (...), RAMIRO é um objecto raro na moderna cinematografia portuguesa - Jornal de Letras

Uma comédia de uma impassibilidade, uma coloquialidade, um humor seco e uma atenção às coisas banais e importantes do quotidiano que evoca um Jim Jarmusch - Time Out

Uma comédia cheia de subtilezas (...) RAMIRO fala-nos da transformação de quem não quer transformar-se. Boas actuações, sobretudo de António Mortágua, com uma expressividade discreta essencial à personagem - Visão

RAMIRO é o retrato de um momento, das subtilezas de uma Lisboa que vai desaparecendo - Observador

É de Mozos esta delicadeza facilmente confundível com uma “discrição” ou um “tom menor”, que se exprime numa subtileza que tem horror a qualquer tipo de sublinhados, e que está no seu melhor na imensa gentileza com que trata e caracteriza as suas personagens, toda aquela galáxia de “marginais” que se movimenta em torno de Ramiro - Público