Pesquisar
O Rosto da Inocência
um filme de Michael Winterbottom
Estreia: 17-09-2015
voltar
Com

Cara Delevingne, Kate Beckinsale, Daniel Brühl

Info
Título Original: Face of an Angel
Género: Drama
País: Reino Unido
Duração: 101'
Links

Thomas Lang (Daniel Brühl) é um realizador ao qual é proposto que adapte um livro da jornalista americana Simone Ford (Kate Beckinsale), que relata o julgamento controverso da estudante americana Jessica Fuller pelo homicídio da sua colega de quarto Elizabeth Pryce. Para o ajudar na investigação, Simone leva Thomas a Siena, onde este fica perturbado com o frenesim mediático que o caso gerou. Depois de visitar o local do crime, Thomas, que está separado da mulher e da filha, começa a questionar não só as motivações dos que o rodeiam, dos patrocinadores do filme à equipa de jornalistas, mas também as suas próprias motivações. Ao afundar-se no seu próprio tormento, Thomas é salvo pela amizade entretanto estabelecida com uma jovem e inocente estudante britânica, Melanie (Cara Delevingne). Através de Melanie, Thomas começa a perceber que já não quer fazer um filme sobre a violência e a culpa, mas sim sobre o amor e a inocência. Um filme que dignifique a vítima, que se centre na sua vida, no amor e na felicidade que lhe foram subtraídos. 

Festivais e Prémios

Festival Internacional de Cinema de Toronto – Selecção OficialFestival de Cinema de Londres – Selecção Oficial

Notas da Crítica

"Trata-se de um olhar de relance, esquivo e fantasmagórico, sobre o homicídio da estudante britânica Meredith Kercher em Itália, em 2007, um crime pelo qual, e do qual, os dois colegas estudantes Amanda Knox e Raffaele Sollecito têm sido condenados e ilibados ad infinitum desde então. Mas este é também um filme realizado por Michael Winterbottom (THE LOOK OF LOVE, 24 HOUR PARTY PEOPLE). Por isso, em vez de focar directamente o homicídio, Winterbottom e o argumentista Paul Viragh (SEX & DRUGS & ROCK & ROLL) apresentam-nos um realizador, Thomas (Daniel Brühl), que viaja até à cidade toscana de Siena para fazer uma pesquisa para um filme sobre o caso.Thomas defronta-se com um dispositivo mediático predatório e acaba à beira do esgotamento. Como qualquer esgotamento de um homem de meia-idade, este envolve um encontro (embora casto) com uma bela jovem, uma empregada de mesa inglesa, interpretada com um intenso charme por Cara Delevingne: a sua personagem simboliza a juventude assassinada por esta história, mas revela também o passado familiar algo fracturado de Thomas. As ligações estabelecidas em O ROSTO DA INOCÊNCIA são por vezes subtis. As cenas passadas nas ruas de Londres, quando Thomas se encontra com os produtores e potenciais financiadores, contrastam com o ambiente escuro e fantasmagórico que Winterbottom irá depois esconjurar em Siena. Mas todo o ambiente retratado, de desconhecimento, de confusão, de meias-verdades, encaixa perfeitamente no contexto de uma história real trágica que inspirou todo o tipo de histerias e de opiniões infundadas." - Time Out London


"(…) cinema auto-reflexivo, um universo artístico arriscado no qual só os ousados se aventuram." - The Hollywood Reporter 


"O ROSTO DA INOCÊNCIA é uma meta-narrativa; não é apenas uma história dentro de outra história. É uma história sobre outra história." - Indiewire


"Cara Delevigne estreia-se com uma interpretação fantástica." – The Guardian